I'm the ocean, I'm the sea

That little kiss you stole,
it held my heart and soul
And like a deer in the headlights
I meet my fate
Don't try to fight the storm
you'll tumble overboard
Tides will bring me back to you


Não me abandona não, fique aqui comigo, estou me encontrando em você, preciso dos seus abraços e carinhos. Não me deixe sozinho novamente.
~ Mac Muller    (via carenciada)


A Biblia chama o casamento de aliança e não de contrato. O contrato expressa eu quero você para mim, a aliança expressa eu me entrego à você.
~ Talita Albuquerque  (via nam-ore)


Eu nunca fui uma moça bem-comportada. Afinal, nunca tive vocação pra alegria tímida, pra paixão sem beijos quentes ou pro amor mal resolvido sem soluços. Eu quero da vida o que ela tem de cru e de bonito. Não estou aqui pra que gostem de mim. Estou aqui pra aprender a gostar de cada detalhe que tenho. E pra seduzir somente o que me acrescenta. Sou dramática, intensa, transitória e tenho uma alegria em mim que as vezes me cansa. Por isso, não me venha com mais ou menos ou qualquer coisa. Venha a mim com corpo, alma, voracidade e falta de ar.
~ Clarice Lispector.  (via romeuemcrise)


Só existe dois tipos de comida. Comidas que eu comi e comidas que eu comerei.



É difícil conviver com as nossas próprias fobias. Muitas vezes cito minhas amarguras mas, na prática, vivo me deparando com obstáculos reais. Somos um mix da pobreza temerária do cotidiano, obrigações e rotina, somada às nossas assombrações e conturbações sentimentais. Sempre achei que deveríamos ter um oitavo sentido. Nesse mundo complicado eu me sinto meio gato.
~ Elisa Bartlett. (via oxigenio-dapalavra)


Não é só o céu. Também chovo vez ou outra.
~ Clarice Lispector   (via autorias)


Se você me chamar às 4 da manhã, porque está com saudades eu não vou me importar. Se você estiver triste eu vou tentar te alegrar. Se você precisar desabafar aqui estarei eu, pra te ouvir, pra te aconselhar se você pedir, se você precisar. Se você quiser ficar em silêncio, respeitarei seu silêncio e te abraçarei, te confortarei até você cair no sono. Se você precisa chorar, eu estarei aqui para enxugar suas lágrimas, com aperto no peito porque não há nada que me doa mais do que te ver chorar. Se deitada no meu ombro, você cair sono, eu não vou rir se o cansaço te fizer roncar. Se você precisar gritar eu não vou te impedir, eu te apoiarei, eu gritarei junto com você e no fim nos olharemos e riremos disso como dois loucos que somos. Se você ficar com tanta raiva a ponto de precisar esbravejar, bater ou xingar, te deixarei esvaziar sua raiva, mas no fim serei aquele que te acalmará e fará você se sentir melhor. Mesmo te achando linda quando está brava. Não importa como, eu vou te amar. Não importa como, eu estarei lá por você, te darei minhas mãos, meus ombros, meus braços, é tudo seu, principalmente o coração afinal ele sempre te pertenceu.
~  Caio Araújo.  (via romanteios)



© BEATRIZ